Micropropagação de abacaxizeiro com enraizamento in vitro e ex vitro

Authors

  • Yohana de Oliveira-Cauduro
  • Valéria Rosa Lopes
  • Claudine Maria De Bona
  • Giovana Bomfim de Alcantara
  • Luiz Antonio Biasi

Abstract

O abacaxi (Ananas comosus L. Merril) é uma planta de propagação vegetativa de grande importância econômica para o Brasil. Entretanto, a dificuldade em se obter mudas sadias, de qualidade, em grande quantidade e de forma rápida é um entrave à expansão desta cultura. Dessa forma, o presente estudo visou estabelecer a regeneração in vitro de abacaxizeiro, seleção Iapar 8. Para isto foi utilizado o meio MS e analisados fatores envolvidos na multiplicação, alongamento, enraizamento in vitro e ex vitro e aclimatização. Para a multiplicação foram testados os tratamentos com 0, 1, 2 e 4 mg L-1 de 6-benzil-amino-purina (BAP) na presença de 0,5 mg L-1 de ácido naftaleno acético (ANA), combinados com duas consistência do meio de cultura (líquido e semi-sólido). Para o alongamento foram avaliadas três concentrações de ácido giberélico (GA3 ): 0; 4,3 e 8,7 mg L-1. Para a avaliação do enraizamento in vitro foram testadas quatro concentrações de ácido indolbutírico (AIB) 0, 0,25, 0,50 e 1 mg L-1, seguidos da aclimatização das plantas em casa de vegetação, usando Plantmax® como substrato. Para o enraizamento ex vitro foram testados três diferentes substratos, Plantmax®, fibra de coco e vermiculita. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado. De acordo com os resultados obtidos verificou-se que a utilização de BAP no meio de cultura foi considerada eficiente, o que pode ser evidenciado pela formação de um grande número de brotações por explante, tanto no meio de cultura líquido como no semi-sólido. O meio de cultura líquido mostrou-se superior para o comprimento médio das brotações e para a formação de raízes. Não é necessária a presença de GA3 no meio de cultura para alongamento das brotações. O uso do ácido indolbutírico não se mostrou eficiente para o enraizamento in vitro de plantas de abacaxizeiro e para a aclimatização das plantas em Plantmax®. O enraizamento ex vitro mostrou respostas similares para os substratos testados, com exceção da variável número de raízes, na qual o Plantmax® foi superior aos demais. Palavras chave: Benzil-amino-purina, cultivo in vitro, fruticultura, cultura de tecidos vegetais.

Downloads

Published

2023-04-26

How to Cite

OLIVEIRA-CAUDURO, Y. de; LOPES, V. R.; BONA, C. M. D.; ALCANTARA, G. B. de; BIASI, L. A. Micropropagação de abacaxizeiro com enraizamento in vitro e ex vitro. Plant Cell Culture & Micropropagation - ISSN 1808-9909, [S. l.], v. 12, n. 2, p. 53, 2023. Disponível em: http://pccm.ufla.br/index.php/plantcellculturemicropropagation/article/view/94. Acesso em: 12 jul. 2024.

Issue

Section

Articles