MICROPROPAGAÇÃO DE CRISÂNTEMO (Dendranthema grandiflora TZEVELE CV. RAGE) SOB LUZ NATURAL E ARTIFICIAL EM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DO MEIO DE CULTIVO

Authors

  • DANIELLA INES BORGES
  • MARCELO CAETANO DE OLIVEIRA
  • EDWALDO DOS SANTOS PENONI
  • TULLIO RAFHAEL PEREIRA DE PÁDUA
  • FRANCYANE TAVARES BRAGA
  • MOACIR PASQUAL

Abstract

O cultivo in vitro tem sido aplicado em muitas culturas para a obtenção de plantas matrizes, especialmente em plantas ornamentais. Um dos fatores que elevam os custos de produção de mudas micropropagadas é o consumo de energia elétrica em salas de crescimento. Neste trabalho objetivou-se determinar a melhor concentração do meio MS para a propagação de plântulas de crisântemo, em dois ambientes de cultivo (sala de crescimento e casa de vegetação). Foram utilizados segmentos nodais de plântulas de crisântemo inoculados em frascos, contendo 0, 25, 50, 75 e 100% de meio MS.Após 45 dias, foram avaliadas as seguintes características: número de folhas, brotos e raízes, além do comprimento da parte aérea das plântulas.Os resultados obtidos, demonstraram superioridade do regime de luz natural em todos os tratamentos com aumento de 96,58% no número de folhas, 80% para número de brotos e raízes, e 12,0% para o comprimento de parte aérea quando comparadas às plantas incubadas sob luz artificial.

Published

2016-08-18

How to Cite

BORGES, D. I.; DE OLIVEIRA, M. C.; DOS SANTOS PENONI, E.; PEREIRA DE PÁDUA, T. R.; TAVARES BRAGA, F.; PASQUAL, M. MICROPROPAGAÇÃO DE CRISÂNTEMO (Dendranthema grandiflora TZEVELE CV. RAGE) SOB LUZ NATURAL E ARTIFICIAL EM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DO MEIO DE CULTIVO. Plant Cell Culture & Micropropagation - ISSN 1808-9909, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 9-16, 2016. Disponível em: http://pccm.ufla.br/index.php/plantcellculturemicropropagation/article/view/65. Acesso em: 12 jul. 2024.

Issue

Section

Review