CONCENTRAÇÕES DE 6-BENZILAMINOPURINA (BAP) E CINETINA (CIN) E TEMPOS DE CULTIVO NA MICROPROPAGAÇÃO DE BANANEIRA ‘THAP MAEO’

Authors

  • Aparecida Conceição Boliani
  • Luiz de Souza Corrêa

Abstract

No Brasil, apesar da técnica de multiplicação in vitro de bananeira ser bastante difundida, percebe- se que há deficiência de trabalhos que buscam o aumento da taxa de multiplicação de algumas cultivares importantes, levando em consideração, além das variações somaclonais, os custos de produção. O objetivo deste trabalho foi avaliar um protocolo para multiplicação in vitro para o genótipo de bananeira ‘Thap maeo’ (Musa spp.), utizando diferentes concentrações 6-Benzilaminopurina (BAP) ou cinetina (CIN). Os tratamentos utilizados foram: 0-Controle; 1,0; 2,0; 3,0 e 4,0 mg L-1. No processo de multiplicação efetuaramse quatro tempos de subcultivos, sendo o 1º aos 25 dias; 2º aos 50; 3º aos 75 e o 4º aos 100 dias após o cultivo, realizando-se o cultivo das gemas laterais provenientes da subdivisão longitudinal dos explantes e, ou, do isolamento das brotações, com o corte das folhas. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado com cinco tratamentos, cinco repetições, sendo cada repetição representada por cinco potes contendo um explante cada. O maior número de brotos obtido foi na concentração de 4 mg L-1 de cinetina e BAP, conseguindo em média 3,8 brotos por explantes aos 100 dias após o cultivo.

Published

2016-08-17

How to Cite

BOLIANI, A. C.; DE SOUZA CORRÊA, L. CONCENTRAÇÕES DE 6-BENZILAMINOPURINA (BAP) E CINETINA (CIN) E TEMPOS DE CULTIVO NA MICROPROPAGAÇÃO DE BANANEIRA ‘THAP MAEO’. Plant Cell Culture & Micropropagation - ISSN 1808-9909, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 7-12, 2016. Disponível em: http://pccm.ufla.br/index.php/plantcellculturemicropropagation/article/view/53. Acesso em: 12 jul. 2024.

Issue

Section

Review